COMIDAS COM NOME FRANCÊS

Alguns pratos e receitas muito populares no Brasil levam sotaque francês, mas não existem com o mesmo nome ou da forma como conhecemos na França. Conheça a seguir alguns deles:

untitled-1

1. Petit Gateau

A deliciosa sobremesa de chocolate com sorvete não é encontrada na França com esse nome. A origem do bolinho com recheio cremoso é discutida: há os que dizem que ela remonta a um erro de um auxiliar na cozinha que, ao acrescentar pouca farinha na receita, acabou perdendo o ponto da massa e gerando um o bolo com o interior mole. Outra versão da história credita o chef francês Michel Bras pela invenção. De qualquer forma, o bolinho mal passado com interior cremoso é sucesso tanto aqui, quanto na França, e pode ser degustado por lá pelos nomes de fondant au chocolat ou moelleux au chocolat.

 

pao_blog

2. Pão Francês

Ainda que o pãozinho mais popular do Brasil carregue o nome, de francês ele não tem nada! A origem precisa do nosso pão francês é desconhecida, mas remonta ao século XX, no período em que a elite do Brasil recém-independente fazia viagens para Paris e voltava descrevendo os pães franceses para os padeiros, que faziam o possível para reproduzir a receita. Dessa gastronomia oral nasceu o “pão francês brasileiro”, que difere de sua fonte de inspiração europeia sobretudo pela adição de açúcar e gordura na massa. Dito isso, vale avisar que não tem pão francês na França!

 

file_blog

3. Filé Mignon

O filé mignon como conhecemos no Brasil é um corte bovino advindo da região lombar do boi, considerado o mais magro, macio e saboroso do animal. Devido às diferenças culturais e gastronômicas entre os países, os cortes, nomes e formatos variam muito nos açougues. Sabendo disso, fique atento! Se você pedir por um filé mignon nas boucheries francesas, receberá um suculento filet de carne de porco. Para acertar no menu, peça simplesmente por “filet” et bon appétit!

 

croissant_blog

4. Croissant recheado

Entre as mais clássicas patissêries francesas, os croissants têm origem austríaca e foram popularizados na corte francesa com a chegada de Maria Antonieta. Quando os pãezinhos desembarcaram por terras tupiniquins, não demorou para serem adaptados ao paladar brasileiro. Se encontramos hoje em dia as mais diferentes opções de recheios, entre versões doces ou salgadas, o mesmo não acontece na França. Por lá a receita do verdadeiro e tradicional croissant consiste apenas na massa amanteigada, que dá origem à um pãozinho saboroso, macio e crocante, que se desfaz na boca. Humm…

 

QUER MAIS?

Agora que você conhece a origem dessas palavras, você gostaria de conhecer outras e muito mais?  Você gostaria de aprender a comunicar em francês também?!
Conheça o curso da Aliança Francesa Araraquara, que vai te ensinar a língua e a cultura francesa! Seu francês vai decolar!

Você irá aprender de uma forma rápida e definitiva a se comunicar em francês (seja você alguém que nunca teve contato ou que já tenha feito aulas). Entre em contato! Clique

 

Comentários encerrados.